Atualização do Google Meet permitirá que as câmeras e microfones de convidados sejam desligados

Créditos: Digilândia

A partir da nova atualização da plataforma Meet, o Google permitirá que os organizadores das reuniões, também chamados de hosts, mantenham os microfones e as câmeras dos demais participantes desligados.

O Google também informou que, com a chegada da novidade, aqueles usuários que ainda utilizarem versões de aplicativos que não possuem suporte para esse recurso serão removidos da reunião se o organizador ativar qualquer um dos novos métodos de bloqueio, tanto de câmera quanto de microfone.

Na postagem oficial sobre a nova atualização da plataforma, o Google explicou que, ao utilizar a nova função, os organizadores de cada reunião terão a chance de evitar que os participantes falem em horas inoportunas, evitando que eles liguem suas câmeras ou microfones até que os próprios organizadores da reunião desbloqueiem e permitam que estes recursos sejam ativados novamente.

No início deste ano, a gigante da tecnologia também anunciou a capacidade dada aos organizadores de reuniões de silenciar todos os participantes de uma reunião de uma só vez no Google Meet, tanto na versão utilizada em navegadores quanto no aplicativo da plataforma, que está disponível para smartphones e tablets.

Este novo recurso, sem dúvidas, irá oferecer aos organizadores de reuniões mais controle sobre suas reuniões, permitindo que decidam quando desejam permitir que os outros participantes ali presentes participem de forma ativa, evitando situações constrangedoras, por exemplo, como lidar com participantes problemáticos”.

Aqueles usuários que ainda fazem uso versões do aplicativo Google Meet disponível para Android e iOS que não oferecem suporte à nova atualização feita pelo Google serão removidos de forma automático, caso os novos recursos estejam ativos. Além disso, se eles tentarem novamente entrar em uma reunião que tenha um desses recursos habilitados, eles serão solicitados a atualizar o aplicativo ou usar outro dispositivo, que tenha acesso à versão mais atualizada do app, para poder ingressar na reunião.

Por outro lado, caso o organizador da reunião opte por desativar estes recursos de bloqueio de áudio ou vídeo, isso permitirá que esses participantes ingressem novamente na reunião.

O novo recurso será compatível com smartphones que possuam a versão Android versão M ou mais recente, assim como em iPhones que possuam o sistema operacional iOS na versão 12 ou mais recente. A equipe do Google também afirmou que este recurso estará disponível para todos os clientes do Google Workspace e dos planos G Suite Basic e Business.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário