Aparecida tem sábado de intensa vacinação contra a Covid

Foto: Claudivino Antunes

Com dois postos itinerantes em bairros afastados, Mutirão e drives para 1ª, 2ª e 3ª doses, prefeitura consolida a descentralização da imunização para ampliar a cobertura vacinal em todo o município e já começa a imunizar adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades

Neste sábado, 18 de setembro, a Prefeitura de Aparecida continua descentralizando a vacinação contra a Covid-19 para proteger mais pessoas em todo o Município. Em horários que vão desde as 8h até as 18h, variando de acordo com cada local, estão sendo realizados a segunda edição da campanha “Vacina Mais Perto de Você” nos setores Continental e Virgínia Park, o Mutirão da Vacinação em 11 pontos por agendamento e a aplicação da segunda dose e da dose de reforço em seis postos. Além disso, os três drives seguem sediando diferentes etapas da vacinação.

Sendo assim, moradores com mais de 17 anos de idade podem ser vacinados na “Vacina Mais Perto de Você” e no Mutirão. Gestantes e puérperas, bem como adolescentes com deficiência permanente ou com comorbidades, de 12 a 17 anos, também podem ser imunizados mediante comprovação da situação.

Atitude responsável

O prefeito Gustavo Mendanha afirma que a prioridade da Prefeitura é a de “vacinar a maior quantidade de pessoas o quanto antes com planejamento técnico e científico, daí a busca permanente por estratégias de aprimoramento. A população conta conosco e conclamo a quem está na hora de tomar a vacina, seja quaisquer uma das doses previstas, que o faça sem perder tempo. É uma atitude responsável e pelo bem de todos”.

Vacina Mais Perto de Você

Na “Vacina Mais Perto de Você”, campanha que leva a imunização para a população dos bairros mais afastados com o suporte de dois trailers refrigerados, os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estão vacinando as pessoas sem necessidade de agendamento. Basta apresentar documento de identidade, CPF ou Cartão SUS e comprovante de endereço.

Um dos trailers está hoje, das 8h30 até as 16 horas, no Setor Continental, na Avenida Guanabara, quadra 20 e lote 10, num local conhecido como “banquinho das doações”. O outro está, no mesmo horário, no Setor Virgínia Park, na Avenida Goiânia, quadra 36 e lote 09, em frente à Chácara do Resende.

“Sábado passado, dia 11, atendendo a essa população em situação de vulnerabilidade e que ainda não foi imunizada, nossas equipes vacinaram 375 moradores dos Setores Continental, Terra do Sol e Virgínia Park com a primeira dose. Hoje estamos repetindo a campanha nessas mesmas regiões para ampliar a proteção, seja com a primeira ou a segunda dose, a quem não consegue ir até os postos de vacinação fixos. É uma iniciativa extremamente importante”, destaca o secretário de Saúde Alessandro Magalhães.

Meirene Bárbara, 32 anos, gostou da vacinação perto da casa dela, no Virgínia Park: “Estando mais próximo, a gente dá uma “escapulidinha” e vem tomar a dose, ajuda bastante. Demorei a vir vacinar e tive medo, agora sinto alívio e fico feliz de ver que os casos da doença estão se reduzindo por causa das vacinas.”

João Santos da Silva, 42 anos, disse que está muito grato a Deus e às autoridades pela vacinação e destacou que “é uma facilidade ter a vacina aqui, dá até mais confiança na gente de que as coisas vão melhorar. Hoje eu trouxe minha mãe para ser vacinada, já estava passando da hora dela, o trabalho não deixa sobrar tempo, mas graças a Deus deu tudo certo.”

Já a Marley, de 37 anos, estava muito emocionada na hora de receber a segunda dose da vacina. Ela perdeu o marido, vítima da Covid, há menos de um mês: “Estou com a sensação de dever cumprido, por mim e por todos. Infelizmente, o meu marido não teve essa oportunidade.”

No Virgínia Park, 8 profissionais da SMS, sendo destes duas vacinadoras, estão atendendo as pessoas de forma organizada e tranquila num local de reuniões comunitárias do bairro. À sombra de uma tenda e de árvores, estão sendo ofertadas as doses 1 e 2 e a terceira, de reforço, e até as 11h da manhã mais de 50 pessoas já tinham sido imunizadas.

Posto de Vacinação Itinerante no setor Virgínia Park em Aparecida

Mutirão de Vacinação

“Com o objetivo de aproximar a imunização dos moradores, assim como a “Super Quarta”, que mobilizava mais de 20 postos pela cidade, o Mutirão é uma estratégia criada após a mudança dos dias de distribuição das vacinas feita pelo Governo de Goiás para os municípios. Com as remessas chegando às quartas-feiras, começamos a realizar os Mutirões de Vacinação nas sextas e sábados em dezenas de postos”, explica a coordenadora de Imunização da SMS, Renata Cordeiro.

Hoje, o Mutirão da Vacinação oferta a primeira dose da vacina em 11 postos espalhados pela cidade que funcionam mediante agendamento pelo aplicativo Saúde Aparecida. Cerca de mil vagas foram liberadas somente para este sábado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) Mansões Paraíso, Colina Azul, Bandeirantes, Parque Trindade, Cruzeiro do Sul, Cândido de Queiroz, Retiro do Bosque, Anhambi, Veiga jardim e Andrade Reis, que funcionam das 8h às 16 horas. A Central de Imunização também participa da ação, das 8h às 18 horas. Todas as vagas já foram preenchidas.

Além disso, o drive da Cidade Administrativa está funcionando normalmente neste sábado, das 8h às 17h, aplicando exclusivamente a primeira dose, sem necessidade de marcação prévia. Para receber o imunizante neste local basta apresentar documento de identidade (Ou certidão de nascimento), Cartão SUS de Aparecida ou CPF e comprovante de endereço.

Bruna Santos Lopes, 17 anos, aproveitou a oportunidade e tomou a primeira dose da vacina na UBS Cruzeiro do Sul. “É uma sensação de alívio e esperança. Acho que daqui pra frente serão muitos os momentos bons, e com esperança de dias melhores”, frisa a jovem.

Já Tammy Santos Pimenta, 57 anos, que acompanhou a filha no momento da aplicação da dose, enfatiza a importância dos pais levarem os filhos para ser imunizados contra a Covid-19 e convoca os responsáveis: “Mães e pais, não tenham medo da vacina ou de algum efeito dela. Tragam seus filhos sem demora porque isso é saúde, é vida, e assim vamos contribuir para acabar com essa pandemia”.

Mutirão da Vacinação imuniza 2 mil pessoas com primeira dose nesta sexta e sábado

Segunda dose

A aplicação da segunda dose também continua durante este sábado em seis postos. O serviço está disponível nos drives do Aparecida Shopping e do Centro de Especialidades, das 8h às 17h, e na Central de Imunização das 8h às 18h. Nas UBS’s dos bairros Anhambi, Andrade Reis e Veiga Jardim, o reforço do imunizante é aplicado das 8h às 16h. Para receber a segunda dose não é necessário agendar, basta seguir a data prevista no Cartão de Vacinação e no dia programado apresentá-lo juntamente com documento de identidade e CPF ou Cartão SUS.

“Nosso estoque para segunda dose da Astrazeneca acabou neste sábado (18), mas, na quarta, esperamos receber uma nova remessa de vacinas de reforço para retomar a aplicação. A falta de doses é uma excepcionalidade, já que em Goiás não temos tido nenhum problema com o envio de remessas de vacinas pelo Ministério da Saúde. Peço a compreensão da população que estava programando para completar o ciclo no início da próxima semana. Na quinta retomaremos com a aplicação de imediato e a proteção vacinal dos moradores não será comprometida. Todos receberão o imunizante”, explica a coordenadora de Imunização de Aparecida, Renata Cordeiro.

Dose de reforço dos 70+

E mais: neste sábado a aplicação da dose de reforço (Terceira dose) para a população acima de 70 anos é realizada em todos os seis postos que já disponibilizam a segunda dose: drive-thru do Aparecida Shopping e do Centro de Especialidades, das 8h às 17h, Central de Imunização das 8h às 18h e as UBS´s dos setores Andrade Reis, Anhambi e Veiga Jardim das 8h às 16h. Para esse grupo receber a terceira dose do imunizante é necessário respeitar o intervalo de seis meses após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independentemente da vacina aplicada.

Dose de reforço dos imunossuprimidos

As pessoas com alto grau de imunossupressão também podem receber a terceira dose nos seis postos citados acima. Nesses casos, o intervalo para a dose de reforço deve ser de 28 dias após a última dose do esquema básico, também independentemente da vacina aplicada.

Adolescentes com comorbidades

A partir deste sábado, 18, Aparecida começa a imunização de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades. Para receber o imunizante, o responsável pelo jovem deve apresentar laudo médico.

Conforme especificado no Plano Nacional de Imunizações (PNI), a vacinação das pessoas com comorbidades contempla: diabetes mellitus; pneumopatias crônicas graves; Hipertensão Arterial Resistente (HAR); Hipertensão arterial estágio 3; Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade; Insuficiência cardíaca (IC); Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar; Cardiopatia hipertensiva; Síndromes coronarianas; Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias; Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; Arritmias cardíacas; Cardiopatias congênita no adulto; Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados; Doença cerebrovascular; Doença renal crônica; Imunossuprimidos; Anemia falciforme; Obesidade mórbida; Síndrome de down; e Cirrose hepática. A Campanha contempla ainda pessoas com doenças raras que impliquem em maior risco para o desfecho da Covid-19.



Fonte: Prefeitura Municipal de Aparecida de Goiânia.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.