Ação integrada combate despejo irregular de lixo no Gradim

Lotes na Rua Maria Rita são alvo da Vigilância Sanitária

A Prefeitura de São Gonçalo realizou, na manhã desta sexta-feira (11), uma ação integrada entre as secretarias de Saúde, Meio Ambiente e Ordem Pública para verificar o despejo de lixo irregular em lotes na Rua Maria Rita, no bairro do Gradim.

Na ocasião, os fiscais da Subsecretaria de Posturas realizaram uma análise do local na tentativa de identificar os donos para que seja realizada a limpeza e cercamento do terreno. Após a identificação, os donos terão 30 dias para regularizar a situação. Em caso de descumprimento, os mesmos serão autuados.

Antes da visita, o local recebeu uma ação da Vigilância Sanitária contra a proliferação de roedores. Também foram aplicados larvicidas e motofogs para combate ao Aedes aegypti, mosquito causador da dengue, zika e chikungunya.

“Essa ação de jogar lixo neste terrenos vem trazendo diversos problemas para as famílias da região, como leptospirose, dengue e problemas respiratórios, já que botam fogo no lixo e pneus. Desta forma, pedimos à população que evite jogar lixo no local. Se a comunidade ajudar, será mais fácil resolver esse problema e trazer melhor qualidade de vida para os moradores do bairro”, disse diretor do departamento de Vigilância Sanitária e Ambiental, Marcelo Lima.

Agentes da secretaria de Meio Ambiente acompanharam a ação, que não teve nenhum flagrante de crime ambiental, e alertaram para os impacto dessa prática irregular para o bioma.

“O impacto é grande, pois temos um rio aqui e essa região tinha que ter uma outra função ecológica, não servindo para despejo de lixo. Vemos aqui uma grande diversidade de resíduos, como elétricos, que contribuem para a contaminação do solo. Então, alertamos para o descarte correto dos produtos”, ressaltou o fiscal de Meio Ambiente, Jorge Edmir.

Telefone para despejo irregular de lixo: 2199-6511.

Fonte: Prefeitura Municipal de São Gonçalo.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.