Sistema de defesa antiaérea Pantsir será equipado com armas hipersônicas

Voando a uma velocidade cinco vezes maior que a do som e capaz de manobrar em trajetórias imprevisíveis, anteriormente impensáveis a altas velocidades, as armas hipersônicas estão prontas para mudar a face da guerra moderna.

O sistema de defesa antiaérea móvel russo Pantsir em breve será equipado com mísseis hipersônicos, informou Rossiyskaya Gazeta, citando uma fonte no complexo militar-industrial do país.

De acordo com o funcionário, que pediu anonimato, a dotação do sistema com mísseis hipersônicos fará com que o alcance do sistema triplique, aumentando de 20 quilômetros para 60 quilômetros. Ele acrescentou também que os trabalhos necessários para a dotação já estão sendo realizados.

O sistema Pantsir, que comprovou sua alta eficácia na Síria, foi projetado para proteger a infraestrutura crítica contra ataques aéreos, bem como contra ameaças marítimas e terrestres.O Pantsir foi reconhecido pelos EUA como uma arma ideal contra praticamente todos os drones existentes.

Em sua configuração atual, o sistema Pantsir, de 30 toneladas, é capaz de atingir alvos aéreos a uma distância de até 20 quilômetros e em altitudes de até 15 quilômetros.

O sistema também está dotado de canhões de 30 mm com um alcance efetivo de até 4 km.

FONTE: Sputnik