Senador russo destaca armamento ‘excelente’ do novíssimo caça Su-57

Em breve, o novíssimo caça da quinta geração Su-57 entrará em serviço das Forças Armadas russas. Quais as características que realmente distinguem esse avião de guerra de seus predecessores? Um senador e especialista militar russo responde.

Em entrevista ao jornal Rossiiskaya Gazeta, o presidente do Comitê de Defesa e Segurança do Senado russo, coronel-general Victor Bondarev, revelou diversos detalhes sobre as armas instaladas no caça russo da quinta geração Su-57.

“O armamento do Su-57 é excelente. Pode usar mísseis de cruzeiro, mísseis guiados ar-terra, mísseis de classe ar-ar de diferente alcance, armas de alta e média precisão, inclusive bombas aéreas inteligentes. Além do mais, todo esse arsenal permanece invisível para os sistemas de identificação amigo-inimigo”, declarou o presidente do comitê.

Ao mesmo tempo, o político destacou que o novíssimo caça russo se tornará um meio eficaz de contenção não nuclear graças ao canhão automático de 30 mm GSh-30-1 (também conhecido pelo nome de 9A-4071K), capaz de disparar em regimes diferentes. Ao todo, o avião poderá portar até 14 tipos de armamento.

Outra vantagem dessa aeronave, segundo o senador russo, é que pode ser convertida em VANT, em particular, ele explicou que o “Su-57 possui enorme potencial de modernização — será suficiente para meio século. O equipamento radioeletrôncio a bordo do avião foi construído na base de uma arquitetura aberta”.

“Na verdade, o caça dispõe de todas as funcionalidades para se transformar em [aeronave] completamente automática, ou seja, em um veículo de combate não tripulado”, concluiu.

Entretanto, o parlamentar lembrou que os caças em questão já passaram por testes de combate real na Síria — vários modelos piloto deste avião foram deslocados para a base militar russa de Hmeymim já há meio ano.

O início do fornecimento dos Su-57 em série para a Força Aeroespacial da Rússia está previsto para 2019. O caça multifuncional de quinta geração destina-se à destruição de todos os tipos de alvos aéreos em combate distante ou próximo, a atingir alvos terrestres e navais de superfície do inimigo com superação dos sistemas de defesa antiaérea.

Além disso, a aeronave poderá monitorar o espaço aéreo a uma grande distância da sua base permanente. O Su-57 é capaz de destruir sistemas de controle das forças aéreas do adversário.

FONTE: Sputnik