FAB: Esquadrão Falcão realiza treinamentos com óculos de visão noturna

O Esquadrão Falcão (1º/8º GAV) realizou, de 19 a 29 de setembro, uma série de treinamentos noturnos para resgate no mar utilizando óculos de visão noturna (NVG, do inglês, Night Vision Goggles). O local escolhido foi a faixa marítima em frente ao Centro de Lançamento Barreira do Inferno (CLBI), em Parnamirim, região metropolitana de Natal (RN), e neles foi executada a modalidade de içamento da vítima com maca. Até agora nenhum outro Esquadrão da FAB havia realizado esse tipo de içamento.

Durante as atividades foi possível observar, em um dos resgates, a vítima sendo içada na maca, acompanhada por um Homem de Resgate, ao mesmo tempo em que outro segura a high line (uma espécie de corda) para a estabilização da maca durante a subida.

“A execução de um resgate no mar, com maca e à noite é de extrema complexidade. Foi necessário analisar os riscos envolvidos para se buscar superar cada adversidade”, comentou o instrutor da equipe de resgate, Sargento Manuel Costa Soares.

Na FAB, o resgate no mar noturno era praticado somente com uma alça de içamento, o que não é indicado para a extração de vítimas politraumatizadas ou com suspeitas de lesão na coluna cervical, como é o caso de pilotos ejetados.

“A evolução nesse tipo de treinamento só foi possível após a transferência do Esquadrão Falcão para a Ala 10. Foram necessários alguns meses de adaptação à região, mas devido ao apoio logístico do Grupamento de Logística da Ala 10; à preparação dos marcadores marítimos e dos NVG pelo Esquadrão de Material Bélico; ao suporte à operação dado pelo Grupamento de Apoio de Natal, com suas viaturas capazes de transpor as dunas que rodeiam a área do treinamento; à infraestrutura disponibilizada pelo CLBI, bem como à interação com a equipe de resgate do Esquadrão Gavião, já adaptada a operar na região há mais de 10 anos, o treinamento tornou-se viável e bastante seguro, mesmo quando as ondas estavam com dois metros de altura”, relatou o Comandante do 1°/8° GAV, Tenente-Coronel Aviador Mário Jorge Siqueira de Oliveira.

De acordo com o Comandante da Ala 10, Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme Silveira de Medeiros, desde a chegada do 1º/8º GAV e 2° ETA, a Ala 10 tem evoluído e potencializado a sua capacidade operacional. “Este treinamento de resgate noturno no mar refletirá no desempenho e na segurança das atividades aéreas desenvolvidas nos Esquadrões Aéreos de Instrução. São ações integradoras que contribuem sobremaneira para coroar o trabalho de todos os integrantes da Guarnição de Aeronáutica de Natal, envolvidos direta e indiretamente com esse tipo de atividade”, afirmou o oficial-general.

Fonte: Esquadrão Falcão, por Tenente-Coronel Mario – Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias / Cavok