S-400: Índia e Rússia assinam acordo de US$ 5 bilhões

A Índia e a Rússia assinaram o contrato para o fornecimento do sistema S-400 de defesa aérea no valor de US$ 5 bilhões na sexta-feira, após amplas negociações entre o primeiro-ministro Narendra Modi e o presidente russo Vladimir Putin, disseram fontes oficiais.

O acordo foi assinado na presença de ambos os líderes na 19ª cúpula bilateral anual Índia-Rússia.

O acordo do sistema de defesa antimísseis S-400 poderia resultar em sanções dos EUA sob o Countering America’s Adversaries Through Sanctions Act (CAATSA), instituído pelo Congresso dos EUA sobre a compra de armas da Rússia.

Os Estados Unidos pediram aos seus aliados que renunciem às transações com a Rússia, alertando que o sistema de defesa antimísseis S-400 que a Índia queria comprar seria uma “área de foco” para implementar sanções punitivas contra uma nação que empreenda acordos comerciais “significativos” com a Rússia.

Os legisladores americanos, no entanto, abriram a possibilidade de uma renúncia presidencial.

A Índia quer que os sistemas de mísseis de longo alcance reforcem seu mecanismo de defesa aérea, particularmente ao longo da fronteira sino-indiana de quase 4 mil quilômetros de extensão.

O S-400 é conhecido como o mais avançado sistema de defesa de mísseis terra-ar de longo alcance da Rússia. A China foi o primeiro comprador estrangeiro a selar um acordo governo a governo com a Rússia em 2014 para obter o letal sistema de mísseis.

Moscou já começou a entrega de um número não revelado de sistemas de mísseis S-400 para Pequim.

FONTE: Press Trust of India / Forças Terrestres