Rússia usará pela 1ª vez Bastion com mísseis supersônicos no Ártico

O sistema de defesa costeira Bastion será usado pela primeira vez nos treinamentos do Exército russo no Ártico, a realizar em breve, informou na terça-feira (25) o porta-voz da Frota do Norte, Vadim Serga.

“O sistema de defesa costeira Bastion, adotado em serviço do grupo tático da Frota do Norte na ilha Kotelny no mar de Laptev, realizará pela primeira vez lançamentos de mísseis no âmbito dos exercícios de defesa do território insular da Rússia no Ártico. Os disparos de mísseis serão efetuados com alvos a grande distância, simulando um grupo de navios de um suposto inimigo”, disse Serga.

Ele explicou que o Bastion, equipado com mísseis de cruzeiro antinavio supersônicos Oniks, foi recentemente transportado por via marítima e implantado na ilha Kotelny.

Anteriormente, na ilha era usado o Rubezh como principal sistema de defesa costeira.

O sistema Bastion é destinado a proteger o litoral e tem um alcance superior a 600 km. O sistema é capaz de destruir navios de superfície de variadas classes e tipos em condições de resistência de fogo e guerra radioeletrônica intensa. Pode ser usado de dia e de noite, em diversas condições climáticas e cada sistema inclui até 36 mísseis.

FONTE: Sputnik