França decide acelerar entregas de suas aeronaves A330 MRTT Phénix

A Ministra das Forças Armadas Francesas, Florence Parly, decidiu acelerar da entrega das aeronaves A330 MRTT Phénix. Agora em 2023, a Força Aérea Francesa terá 12 unidades em operação, com previsão de compra de três unidades adicionais até 2025.

Na conclusão de uma reunião do Comitê Ministerial de Investimentos, a Diretoria Geral de Armamentos (DGA) foi encarregada de acelerar as entregas das aeronaves A330 MRTT (MultiRole Transport Tanker) Phénix.

Esta decisão está diretamente alinhada com a dinâmica da lei de programação militar de 2019-2025, que prevê a modernização acelerada do equipamento das forças e, em particular, da sua frota de aviões-tanque. Isso tem o efeito de adiantar para 2023 – dois anos mais cedo do que o planejado anteriormente – a entrega das doze aeronaves encomendadas, e estabelecer o terreno para levar a frota a quinze aeronaves nos anos seguintes.

Graças à sua versatilidade, o A330 MRTT Phénix substitui duas frotas distintas: a atual frota de aviões-tanque C135-FR e KC135R (alguns dos quais se aproximarão dos 60 anos quando deixarem de operar) e os aviões de transporte estratégico A310 e A340 utilizados para transporte de pessoal e carga.

As missões do A330 MRTT Phénix incluirão o apoio do componente aéreo da força de dissuasão nuclear, contribuindo para a postura de defesa permanente, a projeção de forças e também o transporte médico em caso de evacuação médica de emergência.

O Airbus A330 MRTT Phénix é baseado na estrutura do avião comercial Airbus A330, e extensivamente modificado para atender às suas missões de transporte e avião-tanque.

FONTE: Cavok