Ex-ministro da Defesa diz que o Irã tem mísseis mais precisos do que o russo S-300

O ex-ministro da Defesa do Irã, brigadeiro-general Ahmad Vahidi, disse que Teerã possui sistemas de mísseis aéreos mais precisos do que o modelo russo S-300.

Vahidi, que atualmente dirige a Universidade Nacional de Defesa, lembrou que o Irã começou a desenvolver seu próprio sistema antiaéreo de longo alcance, depois que a Rússia se recusou a fornecer o S-300.

“Dissemos aos russos que construiríamos o sistema sozinhos, localmente e, finalmente, graças a Deus e à diligência da elite e juventude iraniana, desenvolvemos uma versão melhor em menos de seis anos”, declarou Vahidi, citado pelo canal Press TV.

Em 2007, Teerã assinou um contrato com Moscou por quase US$ 900 milhões para o fornecimento de sistemas de mísseis terra-ar S-300.

Três anos depois, o então presidente russo, Dmitry Medvedev, aproveitou a transação em cumprimento à resolução 1929 do Conselho de Segurança da ONU, que pressionou o Irã a limitar seu programa nuclear.

Teerã processou Moscou em US$ 4.200 milhões por quebra de contrato.

Em abril de 2015, o presidente russo, Vladimir Putin, assinou um decreto para revogar a proibição.

O primeiro lote de russos S-300 chegou ao Irã em abril de 2016.

FONTE: Sputnik