Submarino S-80 espanhol é ‘grande demais para a doca’

Uma tentativa de lançar um novo submarino para a Armada Espanhola encalhou novamente. Depois que ficou pronto, não cabe na doca, informou a mídia espanhola.

O submarino S-80 foi reprojetado com grande despesa após um erro anterior ter significado problemas de flutuação e foi ampliado no comprimento para corrigir o problema.

O jornal espanhol El País agora relata que, após as mudanças, as docas em Cartagena não podem receber o navio.

O custo para cada submarino quase dobrou, segundo o jornal.

Estima-se que o custo de cada submarino S-80 “Plus” estaria agora próximo de € 1 bilhão (£ 900 milhões).

O problema original com o submarino remonta a 2013, quando foi descoberto que era cerca de 100 toneladas mais pesado do que o necessário.

S-80 em construção

Isso causou um problema em sua flutuabilidade – ele poderia submergir, mas não poderia voltar à superfície.

Um ex-funcionário espanhol disse à Associated Press na época que alguém havia colocado um ponto decimal no lugar errado, e “ninguém prestou atenção para rever os cálculos”.

Esse erro custou 14 milhões de euros, enquanto engenheiros e consultores descobriram que a flutuação poderia ser solucionada com o alongamento do casco.

O projeto original da empresa de defesa estatal Navantia era para uma embarcação de 71 metros e deslocamento de 2.200 toneladas.

Agora, o S-80 Plus é um submarino de 81 metros e 3.000 toneladas.

Como resultado, a base em Cartagena terá que ser dragada e reformada para acomodar a embarcação que agora poderá flutuar, informou o El País.

A ministra da Defesa da Espanha, Margarita Robles, falando em rádio espanhola, admitiu que “houve deficiências no projeto”.

Ela insistiu que “eles já estão corrigidos e que o projeto é absolutamente viável”.

S-80 em construção
S-80 em construção

FONTE: BBC