SkyGuardian, primeiro drone a fazer a travessia transatlântica

Na noite de quarta-feira da semana passada, o protótipo General Atomics (GA-ASI) MQ-9B SkyGuardian pousou na base RAF Fairford na Inglaterra a fim de comparecer ao Royal International Air Tattoo.

Decolou dos EUA, da base Grand Forks AFB na Dakota do Norte 24 horas e dois minutos antes, realizando o primeiro voo transatlântico por um drone.

O controle do MQ-9B durante todo o voo foi realizado por uma Estação de Controle de Solo (GCS) em Grand Forks através do link de satélite Ku-band da aeronave, com duas equipes realizando turnos de 12 horas.

Um link de satélite de backup Inmarsat também foi montado para o voo, e um GCS de linha de visada foi estabelecido em Fairford para fornecer um backup para recuperação, bem como para assumir o controle da aeronave no solo na base inglesa, uma vez que ele tivesse parado na pista.

Cruzando a 27.000 pés (8.235 metros) de altitude, o MQ-9B voou para o nordeste de Grand Forks sobre o Canadá, então contornou o sul da Irlanda enquanto se aproximava do Reino Unido, passando por Aberporth no País de Gales.

O drone foi colocado em uma órbita de 9.000 pés por cerca de duas horas antes de aterrissar em Fairford. Após o show, o MQ-9B será transferido de volta para os EUA por um avião cargueiro.

FONTE: Poder Aéreo