Gripen da Saab posicionado para concorrência de caças nas Filipinas

Jane’s noticiou que grupo de defesa sueco Saab está promovendo seu caça Gripen junto à Força Aérea Filipina (PAF) como parte dos esforços para atender a uma futura concorrência para aquisição de uma aeronave de combate em vários lotes.

A aquisição planejada – conhecida nas Filipinas como o programa Multi-Role Fighter (MRF) – ainda não foi formalizada através da emissão de um pedido de informação (RFI), mas a Saab já posicionou fortemente sua plataforma Gripen para atender ao requisito quando a concorrência for aberta.

Reportagens recentes das Filipinas informam que o presidente Rodrigo Duterte aprovou a aquisição da MRF em princípio e sugerem que o programa possa avançar em breve, em linha com o programa de modernização “segundo horizonte” das Forças Armadas das Filipinas (AFP), cobrindo o período de 2018-23.

O financiamento para o segundo horizonte, que inclui o MRF como um de seus principais projetos de aquisição, foi definido em 289 bilhões de pesos filipinos (US$ 5,46 bilhões).

Comentando sobre o progresso relatado no programa de MRF, um porta-voz da Saab disse ao Jane’s em 11 de junho, “é um desenvolvimento positivo para nós nas Filipinas, e estamos encorajados pelo impulso que está agora sendo construído em torno do programa MRF.”

O porta-voz acrescentou que a Saab tem estado em diálogo com a PAF e a AFP sobre os requisitos militares no país há vários anos e que manteve conversas detalhadas com a primeira sobre a concorrência do MRF.

“Tivemos discussões detalhadas com o grupo de trabalho técnico da PAF que estuda as opções para as Filipinas, e a Saab está totalmente comprometida em apoiar qualquer caminho de aquisição das Filipinas que avance.”

Segundo relatos, o programa MRF deverá progredir como uma concorrência para dois esquadrões adquiridos em dois lotes, embora o número total de aeronaves que serão adquiridas e o valor das verbas reservadas para a aquisição ainda não tenham sido confirmados pelo governo.

FONTE: Poder Aéreo