‘Marasmo ucraniano’: especialista comenta ‘intercepção’ de navio russo por avião ucraniano

As autoridades ucranianas declararam que um avião militar de transporte An-26 da Marinha ucraniana teria interceptado um navio de mísseis ligeiro da Marinha russa no mar Negro. O especialista militar Viktor Baranets, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik chamou a intercepção de "total absurdo".

Conforme a edição ucraniana Dumskaya, em 2 de junho foi detectado um navio russo perto da ilha das Serpentes, que pertence à região de Odessa, Ucrânia. Um avião An-26 foi enviado para interceptar o navio.

Os militares russos ainda não comentaram a informação, mas deputados da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo) classificaram a “intercepção” como gabarolice.

Na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o especialista militar Viktor Baranets comentou a declaração da mídia ucraniana.

“É uma tolice total. Tal coisa só poderia ser dita por drogados ou bêbedos. Como? Um avião de carga ‘interceptou’ um navio? A história das Forças Armadas nunca viu isso. As declarações das mídias ucranianas sobre a ‘intercepção’ do navio russo é um ‘marasmo ucraniano’. Isso não existe na prática de nenhum país. Há uma intercepção de aviação, há também intercepção naval, quando um navio intercepta outro. Mas que um avião intercepte um navio… É uma tolice total”, opina Baranets.

FONTE: Sputnik