Alemanha termina destruição de armas químicas vindas da Síria

A Alemanha terminou a destruição de armas químicas e materiais tóxicos entregues da Líbia, informou o Ministério das Relações Exteriores alemão e o Ministério da Defesa em um comunicado conjunto nesta sexta-feira.

“A Alemanha tem apoiado a eliminação dos últimos produtos químicos que subsistem do programa de armas químicas da Líbia… Os custos foram cobertos pela Alemanha e pelos Estados Unidos. A empresa estatal alemã para a utilização de agentes de guerra química e armas remanescentes [GEKA] em Munster, que tem uma longa experiência, acabou com a destruição dos materiais tóxicos”, disse o comunicado.

Em julho de 2016, o Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade uma resolução que permite aos países receber, remover e destruir armas químicas da Líbia. A resolução refere-se à segunda categoria de substâncias ao abrigo da Convenção sobre a Proibição do Desenvolvimento, Produção, Armazenagem e Utilização de Armas Químicas. A ideia é impedir que as armas químicas caia nas mãos dos terroristas.
FONTE: Sputnick