Pentágono chama de propaganda avisos russos sobre ameaça do Daesh na Ásia Central

O Departamento de Defesa dos EUA acredita que as recentes declarações da Rússia sobre ameças do Daesh na Ásia Central são apenas "propaganda", afirmou à Sputnik neste sábado o tenente-coronel Kone Faulkner, em nome do Pentágono.

“A Rússia continua alimentando temores globais sobre o ISIS-K (Daesh) na tentativa de minar os Estados Unidos e o Afeganistão. A Rússia procura qualquer oportunidade que puder encontrar para criar uma barreira entre os Estados Unidos e nossos parceiros da Ásia Central. Essas alegações sem fundamento sobre tentativas do ISIS-K de tomar territórios da Ásia Central são simplesmente mais propaganda”, declarou o militar.

No início deste mês, o vice-chanceler russo Oleg Syromolotov disse que militantes do Daesh, junto com outros terroristas, estariam deixando a Síria e o Iraque e estabelecendo novas posições no norte do Afeganistão, transformando a região em um novo foco do terrorismo internacional. De acordo com o vice-ministro, esses militantes teriam como objetivo de longo prazo conquistar territórios de vários países da Ásia Central e da Rússia para criar uma nova espécie de Estado Islâmico.

FONTE: Sputnik