Acidente com F-22 Raptor

Um caça furtivo F-22A Raptor pertencente à 3ª Ala de Caça da Base Conjunta Elmendorf-Richardson, no Alasca, esteve envolvido em um acidente no dia 13 de abril.

Os detalhes ainda não estão totalmente claros, mas segundo o site The War Zone, o piloto recolheu o trem de pouso muito cedo durante a decolagem, após uma falha em um dos motores, fazendo com que o jato batesse com força na pista e deslizasse por vários metros antes de parar, danificando bastante o avião. Felizmente, o piloto conseguiu sair da aeronave sem ferimentos graves. O acidente ocorreu no Estação de Aviação Naval de Fallon, onde o caça participava do exercício Instrutor de Táticas de Caça da Marinha, mais conhecido como Top Gun. A estrutura da aeronave sofreu graves danos e ao que parece não pode ser recuperada.

O exercício é um evento amplamente conhecido, em que alunos estudantes participam de um combate aéreo (1×1) contra uma aeronave inimiga ‘surpresa’ desconhecida.

A USAF possui aproximadamente 125 dos 183 jatos F-22 prontos para combate a qualquer momento.

O último acidente com um Raptor tinha ocorrido em 2015, quando um F-22 também pertencente à 3ª Ala sofreu um acidente após pousar na Base Conjunta Pearl Harbor-Hickam, Honolulu. O freio principal esquerdo do avião superaqueceu e pegou fogo.

O acidente ocorrido este mês é o décimo primeiro acidente do caça furtivo de quinta geração.

FONTE: Cavok