Mais informações sobre o ataque aéreo contra a Síria

No briefing feito no Pentágono hoje pela manhã, o tenente-general Kenneth F. McKenzie Jr disse : “Eu usaria três palavras para descrever essa operação: precisa, esmagadora e eficaz”.

Os mísseis Tomahawk foram a arma principal: das 105 usadas no ataque, 66 mísseis TLAM foram lançados de 3 navios da Marinha dos EUA e um submarino.

Dezenove (19) mísseis JASSM-ER (usados pela primeira vez em combate) foram lançados de dois bombardeiros B-1B Lancer, 8 mísseis Storm Shadow lançados de 4 Tornado GR4 da RAF e 12 mísseis SCALP foram lançados por navios e caças da França (3 por fragata FREMM e 9 por caças Rafale).

Segundo McKenzie, “a resposta da Síria foi notavelmente ineficaz em todos os domínios. Eles normalmente disparavam suas armas após o último impacto de nossas armas.” Ele acrescentou que os sírios lançaram pelo menos 40 armas sem sucesso.

McKenzie também confirmou que os B-1B empregaram o míssil JASSM-ER com alcance de 1.000 km (620 milhas). O JASSM original tem alcance de 370 km (230 milhas).

As aeronaves lançaram os ataques de fora do espaço aéreo sírio.

Míssil Tomahawk BGM-109 TLAM sendo lançado de destróier da Marinha dos EUA
O míssil JASSM em lançamento de teste

Alvos antes e depois do ataque