França espera anúncio de novo jato de combate no Berlin Air Show

PARIS (Reuters) – A França espera que um “primeiro passo significativo” no desenvolvimento de um novo caça europeu seja anunciado no final deste mês, disse a ministra da Defesa, Florence Parly, ao jornal La Tribune nesta quinta-feira.

A França e a Alemanha divulgaram pela primeira vez planos para desenvolver o novo avião de combate em julho, dois meses após a vitória eleitoral do presidente Emmanuel Macron, enterrando rivalidades industriais para reforçar a defesa e a segurança.

O projeto acelera as etapas para moldar o futuro da indústria de caças europeia e seus três programas existentes – o Eurofighter, o Rafale da França e o Gripen da Suécia.

Parly disse que as “conversas ativas” em andamento devem permitir um anúncio no ILA Berlin Air Show de 25 a 29 de abril.

“No nível político, as discussões entre as equipes francesa e alemã são intensas. Os grupos industriais estão trabalhando bem juntos e agora temos que garantir que os dois processos se unam”, disse Parly ao jornal.

Era muito cedo para falar sobre a inclusão de outros parceiros da UE no projeto, disse ela.

O trabalho com a Grã-Bretanha em um futuro drone de combate também estava avançando, acrescentou o ministro.

A França e a Alemanha disseram que o novo jato de combate substituirá o Rafale e o Eurofighter, jatos rivais que competem ferozmente por vendas globais.

Isso marcaria o fim de uma divisão de décadas desde que a França se retirou do projeto Eurofighter na década de 1980 para produzir seu avião de combate Rafale com a Dassault Aviation.

O Eurofighter é fabricado pela Airbus, pela italiana Leonardo e pela britânica BAE Systems, enquanto o Gripen é fabricado pela Saab.

Ilustração do conceito do Airbus Future Combat Air System
Ilustração do conceito do Airbus Future Combat Air System

 

FONTE: Reuters